Tutorial: como costurar com lastex (linha elástica)

Esse tutorial ensina como costurar com lastex (linha elástica). O lastex pode ser utilizado como elástico em algumas ocasiões e como item decorativo.

Olá! Tudo bem?

Hoje é dia de mais um tutorial e nele, vou ensinar a costurar usando lastex que é uma linha elástica. O lastex pode ser utilizado para substituir o elástico em algumas ocasiões, como em cintura de vestido, em decote de tomara-que-caia e também como item decorativo e de design para a peça de roupa.

Você pode adicioná-lo em uma pala, em uma roupa infantil, em uma bolsa, dentre vários outros. Ele faz um franzido muito bonito, mas que estica e volta para o lugar.

É importante ver o quanto de tecido adicional é preciso para colocá-lo, pois ele faz com que o tecido “diminua”. Para o tecido que utilizei no exemplo do tutorial precisei do dobro, mas cada um possui um comportamento diferente e isso depende da tensão da máquina e da variação de proximidade das camadas dessa linha elástica.

Transcrição do vídeo:

Olá! Bem vindo a mais um tutorial.

Hoje eu vou falar sobre o “lastex” ou linha elástica. Eu vou ensinar como colocar na máquina e como costurar em um tecido.

Se você gosta dos meus vídeos, não deixe de se inscrever aqui no canal eu vou deixar o botão aqui pra você se inscrever.

Se você gosta de costura, quer a entrar nessa área, quer conhecer mais sobre máquina, sobre acabamentos e tipos de costuras… Não deixe de baixar gratuitamente o meu livro digital “O Guia Ilustrado da Costura”.

Vamos lá?

Para colocarmos o lastex ou linha elástica, eu vou marcar o tecido, aqui eu tenho um retalho de tecido de 30 centímetros.

Eu vou marcar pelo lado direito,  gosto de marcar as linhas que eu vou fazer de lastex de 1 em 1 cm ou de 0.5 em 0.5 cm.

Quanto mais junto você coloca mais fica com aquele franzido bonito. Quanto mais separado menos é o franzido.

Eu vou riscar algumas linhas com giz…

Risquei 5 linhas, com uma distância de 1 centímetro entre cada uma para que elas fiquem bem juntinhas. Depois eu faço mais espaçado. Vou fazer aqui mais espaçado, um pouco mais para baixo, pra gente ver a diferença.

Então agora eu vou pra a máquina pra a gente começar a “passar” o lastex.

Eu vou pegar uma bobina e o lastex/ linha elástica que é uma linha que tem uma elasticidade. É um elástico em forma de linha. Eu vou colocar a bobina a mão e a linha de cima, a linha da máquina, é a linha normal da cor da sua roupa.

Então eu posso começar a colocar na linha nesse buraquinho da bobina e segurando ela aqui, porque vai ser mais fácil você segurar. Eu vou enrolar não deixando na linha muito solta, frouxa porque não vai dar muita tensão na máquina. Também não vou puxar muito, ok? É uma força mediana pra eu conseguir enrolar.

Eu vou enrolando uniformemente por toda bobina deixando de cima até embaixo.

Eu vou colocar a bobina na caixa de bobina porque minha máquina é um sistema vertical, se sua máquina for de sistema horizontal você coloca bobina diretamente na máquina.

Vou colocar aqui e vou passar pela fenda normalmente, como se fosse uma linha reta.

Você vai analisar. É sempre bom fazer um teste no retalho se a tensão da bobina (você tira ou coloca mais tensão) está boa, ou se você precisa ajustar neste parafuso da bobina.

Aí eu vou colocar na máquina.

Vou colocar a bobina que já está certinha máquina,

em cima eu tenho a linha normal, a linha reta comum. Eu vou pescar a linha da bobina que a linha é elástica com a linha reta comum.

A diferença por enquanto que eu vou colocar na máquina é o tamanho do comprimento do ponto, vou colocar o comprimento maior para máquina correr.

Para o ponto correr, na minha máquina, coloco 4 milímetros.

Você vai fazer um teste e vai ver se a tensão está boa, se precisa apertar ou se precisa colocar um pouco menos tensa.

Ponto reto comum e eu não vou dar um retrocesso fazendo a costura elástica.

Por isso é importante riscar do lado direito para que a linha reta que está na máquina fique do lado direito e o avesso que é a linha elástica fique do avesso, pois a linha que está na bobina é a linha elástica.

Então eu vou costurar, sem retrocesso. Você pode ver que ele vai franzir.

Quando eu acabar eu tenho duas opções:

eu posso tirar o tecido da máquina como uma linha maior pra eu dar um nó pelo avesso e começar novamente uma outra linha, ou posso fazer um ângulo, deixar a agulha embaixo, levantar o pé calcador dar uns 2 pontos até minha próxima linha, virar novamente e continuar costurando.

À medida que eu for costurando, eu vou esticando o elástico, para que não costure dando uma “prega”. Eu quero que o franzido seja no tecido sem prega.

Olha como é que está ficando!

Eu estou fazendo com variações de espaço pra vocês verem a diferença. É claro que é importante fazer com uma cor igual à cor do tecido que fica bem mais natural.

Aqui eu estou fazendo de branco só para melhor visualização.

Ele estica e encolhe.

Ao acabar eu vou deixar um pedaço de linha maior.

Com uma agulha ou um alfinete, você puxa as duas linhas pro avesso e dá um nó à mão.

E aqui assim fica o avesso, e o direito.

Eu vou fazer agora mais espaçado ainda e separando linha por linha, então todas as linhas eu vou fazer o nó também, uma outra técnica.

Dá mais trabalho, mas, às vezes facilita para você finalizar a costura que para isso daqui, ficar menos tenso.

Você pode soltar um pouco a tensão, relaxar um pouco a linha ou até puxar um pouco a linha, então você tem uma finalização em cada linha.

Então esse é o efeito de um maior espaçamento entre as linhas e esse menor, está vendo?

Você vai testar de acordo com a tensão que você quer de acordo com espaçamento que você quer e tanto de tecido que você tem também, porque às vezes é apenas um detalhe, uma pala e então você tem que fazer um menor, para dar esse efeito.

Você tem que considerar também o tamanho do tecido. Eu tinha um tecido de 30 centímetros e aqui, vejam, eu tenho quase 15cm, eu tenho que ter pra fazer esse espaçamento duas vezes o tecido para fazer com esse tanto que eu quero de franzido.

Então, se eu queria 15 centímetros, eu tenho que cortar 30(cm), o dobro e aí você tem que analisar isso também em um retalho.

O seu tecido varia muito, cada tecido comporta diferentemente, mas é sempre bom fazer um teste no retalho pra fazer todas as análises antes de cortar a sua roupa que vai ter o lastex.

Desta maneira fiz aqui, separando as linhas que é a maneira que eu mais gosto de fazer, você tem um pouquinho mais trabalho, pois tem que puxar a linha reta pro avesso e dar um nó em cada finalização. Se você tem um espaço de trabalho muito grande, isso vai te dar um pouquinho mais trabalho mas eu acho que fica mais bem feito e você consegue controlar melhor a questão do franzido pra não dar prega na próxima camada.

Então é assim que fica, é uma ótima maneira para fazer pala, fazer um modelo de roupa infantil, fica lindo, franzidinho que você pode testar.

Olha só, e aqui a gente conseguiu um outro espaçamento, maior ainda, sem querer, entre esse e esse. Olha como fica bonito.

Então é assim que fica, dá pra fazer várias coisas com isso é só você usar a criatividade e fazer camisolas, roupas de criança, itens decorativos, bolsas, dá pra usar o lastex em várias coisas.

Espero que tenham gostado,

um beijo e até a próxima.