Para começar a costurar: sobre tecido plano e o rascunho da peça

Essas são algumas dicas e informações necessárias para começar a costurar. É preciso entender o tecido plano, fios, caimento e como testar o molde antes de cortar no tecido original.

 

 
Algodão Cru / Americano Cru
 

 

O algodão cru é o tecido ideal para fazer a tela da roupa e para começar a costurar. O tecido de algodão é mais fácil para a prática da costura pela firmeza e por não ser escorregadio. Fazer a preparação da roupa no algodão com todos os acabamentos é necessário para o estudo da peça.

 

 
Isso facilita a execução da peça no tecido certo, uma vez que o repertório com o passo a passo necessário, erros e acertos, já foi executado e corrigido.

 

 
Ademais, o algodão cru é um tecido que permite a visualização de marcações que são fundamentais quando os ajustes forem passados deste tecido para o molde.
 

 

 
A tela

 

 
A tela é o rascunho da roupa e usada para a visualização do resultado do molde plano antes do corte no tecido certo. A gramatura do algodão pode ser diferente da gramatura do tecido que a peça será confeccionada, mas os ajustes mais grosseiros e a visualização do modelo final serão avaliados neste primeiro momento de prova. Assim, ao passar os ajustes para o tecido defintivo, os mesmos serão possíveis de serem executados sem risco de danificar a peça.

 

 
O tecido algodão cru é geralmente um tecido barato e fácil de ser encontrado no mercado. Portanto, o custo e o tempo trabalhado podem ser maiores ao cortar a primeira peça direto no tecido correto, levando em consideração que se houver grandes ajustes, algumas vezes não será possível consertá- los.
 

 

Para entender melhor sobre a importância da confecção da tela, assista à essa palestra, feita por mim, no YouTube. Falo a minha opinião sobre o “rascunho” da peça de roupa, além da importância de saber modelar e costurar para criar:
 

 
Fio reto/ atravessado/ Viés
 
Quando o tecido é comprado, o cliente pode escolher a metragem desejada, como, por exemplo, um metro, dois, ou dez metros. Ele compra o tecido no sentido da ilustração logo abaixo.

 

 
Em cada lateral do tecido, nesse sentido, é possível encontrar as ourelas.

 

 
A outra direção já possui a metragem pré-determinada, geralmente com 1,40m de largura:

 

 
O tecido é composto pelo entrelaçamento de fios longitudinais e transversais.

 

 
Fio Reto: O Fio Reto, Urdume ou Urdidura, é um dos fios que compõem o entrelace do tecido. Ele é tensionado e colocado no sentido do comprimento do tear, que é a máquina que tece. O fio reto fica paralelo à ourela do tecido.

 

 
 
Ourela: O nome significa “beirada” ou “extremidade”. A ourela é o acabamento do tecido localizado em suas laterais.
 
Trama: O Fio Atravessado, ou Trama, é passado perpendicular ao Fio Reto.

 

 
Viés: O viés não é um fio, mas sim um sentido que fica a 45 graus entre o Fio Reto e o Fio Atravessado. Tem característica mais elástica e possui caimento fluido.
 
 
Qualquer dúvida, deixe nos comentários do post!

 

 
Grande abraço,

 

 

 

Lara