Acabamentos para a Margem de Costura

Se você deseja saber alternativas de acabamentos para margem de costura esse tutorial pode te ajudar!

Eu sempre respondo muitas pessoas que me perguntam como fazer um bom acabamento em tecidos finos ou que desejam uma alternativa ao overloque.

Por isso, decidi fazer um vídeo mostrando que existem, sim, opções que podem deixar a peça de roupa muito bem acabada pelo avesso utilizando a máquina reta doméstica.

Mostro técnicas que usam o ziguezague aberto e fechado, costura inglesa, costura francesa, bainha na margem de costura e opções que podem ser feitas com a tesoura de picotar. Assim, é possível aumentar o repertório na costura e saber mais variedades de acabamentos. E falando em variedades de acabamentos tenho um outro tutorial que ensino uma técnica para a fazer uma bainha em tecidos transparentes. 

Depois me conte, aqui nos comentários, sobre os resultados que conseguiram com esse tutorial, ok?Espero que goste!

Transcrição do vídeo:

Olá! Tudo bem? Hoje vamos aprender opções de acabamentos, além do overloque, para quem quer utilizar a máquina reta doméstica e ter mais repertório na hora da costura. Se você gosta dos meus vídeos não deixe de se inscrever aqui no canal e no blog: www.algodaocru.com.br

Vamos lá?!

Eu costurei no algodão cru alguns retalhos, com margem de costura de cerca de 1,5cm.

Aqui é o avesso.

Deixe 1,5cm ou 1cm de margem de costura, depende. Agora. vamos lá pra máquina doméstica fazer a
primeira opção que vai ser o zigue-zague.

Vou fazer com essa máquina, com uma linha preta para melhor visualização. Vou colocar no ponto zigue-zague, em uma largura maior e comprimento de ponto menor.

É sempre bom testar o ponto. Você também pode passar o zigue-zague antes de ter costurado na margem de costura.

Antes de ter feito isso que eu fiz, você pode passar na beirada do tecido assim:

(Exemplo)

Você pode fazer o zigue-zague com as partes do molde abertas, deixando o espaçamento para a borda -não deixe o ponto muito junto à borda – de um ou dois milímetros, para não correr o risco do tecido embolar, ok? Aí você faz isso dos dois lados, e fecha a costura, como se tivesse passando o overloque aberto.

Você pode fazer assim, ou após costurar, como eu fiz. Deixe uma margem de costura maior. Sempre mantenha a margem do seu lado direito e o restante do tecido para o esquerdo.

Depois dessa costura, vou aparar.

Uma outra opção, que dá um pouco mais de trabalho, para fazer o zigue-zague na costurinha, se o seu tecido estiver desfiando muito ou embolando muito, você pode cortar uma tira de papel de seda…

…e coloco por baixo da margem de costura.

Nunca comece a costura da pontinha do tecido, porque senão – vou tirar o pé calcador para você ver melhor- o tecido entra dentro desse buraquinho aqui da máquina, ainda mais se ele for fino.

Aí, eu posso vir terminando o ponto na margem, não preciso do espaçamento de 1mm ou 2mm e aparar.

Dá mais trabalho depois para retirar o papel de seda e isso tem que ser feito com cuidado.

Não passe muito a borda entre tecido e papel de seda. Mantenha o ponto bem na borda.

Quando termino, arranco o papel de seda com cuidado.

Este é o resultado da margem com zigue-zague.

Particularmente, acho melhor fazer esse, que costuro um pouco mais afastado da borda e aparo com cuidado para não cortar o ponto.

Esse é a segunda possibilidade.

Peguei outro retalho. Já viram quando a roupa é de uma modelagem industrial e o overloque é fechado?

A gente também pode simular esse acabamento com o zigue-zague.

Essa de linha branca é a costura da margem e vou fechar as duas margens e fazer o zigue-zague mais afastado da borda. O zigue-zague será quase na costura reta.

Claro que sem passar da costura, só na margem de costura, com as duas margens voltadas para o lado direito e o resto dos dois tecidos voltados para o lado esquerdo.

Agora, vou passar para o ponto reto e vou fazer um outro pesponto no final do zigue-zague.

Depois, pego a tesourinha e vou aparar rente à essa costura.

Esse é o resultado da segunda alternativa!

Eu fiz o ponto reto (de branco), o ponto zigue-zague e novamente um ponto reto. Após isso, aparei. A costura fica fechada, como em uma costura industrial.

A terceira opção é o picote. Ele é feito com a tesoura de picote. Geralmente, esse acabamento é melhor para tecidos que não desfiam, ou para quando a peça é forrada e o overloque ou zigue-zague deixarão o acabamento grosseiro.

Jogue toda as duas margens para um lado, assim você evita cortar o tecido e ter algum acidente.

Picote a margem de costura. Pode picotar as duas juntas, se preferir. Se o seu tecido desfia, mas você quer usar essa técnica, você pode passar um pesponto no meio da margem, ele vai segurar o desfiado. Desse modo, você pode picotar.

Eu sugiro sempre fazer um teste, independentemente de acabamento que você for fazer, pois de tecido para tecido, a reação muda.

Eu virei a margem assim, passei uma costura reta na metade da margem de costura e, agora, posso picotar.

Aí você picota e tem como resultado uma margem de costura bem lisa, bem leve, que não fica grossa.

Essa opção te dá mais segurança contra o desfiado.

Essa outra opção (sem o ponto reto) é melhor se o tecido desfia pouco.

Temos outro retalho com a margem de costura, só que eu fiz uma margem de costura com um lado menor e uma lado maior. Um lado com 1cm e o outro com 2cm.

Vamos fazer a costura inglesa é uma costura que vai ficar aparente pelo lado direito, porque a gente vai pespontá-la. Pode aparar mais, deixar um pouco menor que 1 cm.

Se o tecido desfiar, passe aquele pesponto que passei na costura anterior.

Você vai pegar esse lado maior e jogar por cima do lado menor. Passar ao ferro.

Vai virar o maior e dar uma bainha, prendendo a margem por cima do menor, com uma bainha pequena, alfinetando na margem. Vou virando meio centímetro.

É sempre bom alinhavar, aqui é só um retalho, vamos pespontar porque

como pesponto é uma postura aparente, do lado direito vai ficar aparecendo a costura. Essa é uma costura muito comum em camisa, então na camisaria você pode ver como elas são feitas.

Aqui você pode ver o avesso.

E esse é o direito com o pesponto aparente.

Vou mostrar uma outra opção. Ela fica um pouco mais grossa, então você tem que testar na sua peça de roupa.

Essa consiste em fazer uma bainha na própria margem de costura. Deixei a margem com 1,5cm.

Vou virá-la pela metade.

Deixar o tecido todo para um lado só.

Vou dobrar a margem na metade, para que ela encoste na minha costurinha.

Vou alfinetar e alinhavar.

Se você quiser fazer deste lado e encostar a margem em cima da costura dobrando ou marcando no ferro.

Pode alfinetar desse lado para ter certeza que não vai ficar nada pra fora.

Por que ele vai ficar assim pelo avesso.

Se o tecido desfiar muito, no ponto de dobra, que é a metade, você pode passar uma costura e dobrar normalmente.

Essa costura vai dar sustentação ao tecido.

Vou alfinetar e vou costurar na máquina.

Vou costurar de maneira a evitar costurar em cima da roupa.

É bom alinhavar. Só estou alfinetando pois é apenas um retalho, ok?!

Coloquei o pé calcador de zíper comum para facilitar a costura.

Se estiver alinhavado, você pode até passar pelo outro lado, seguindo o alinhavo. Pelo lado que vai ficar olhando pra pessoa, que vai ficar com o corpo da pessoa, porque o ponto fica mais bonito. Mas, se não tiver alinhavado, você corre o risco de não pegar a bainha.

Por isso, é importante alinhavar para fazer assim, ou então fazer pelo outro lado.

Passei o ferro. É claro que você vai fazer com a linha da cor do tecido.

Ela fica assim. Você não vai pegar do lado direito.

Vou fazer a costura francesa. Já fiz um tutorial dela, mas é sempre bom relembrar.

Todas as costuras eu costuro com direito contra direito.

Nessa, vou costurar ao contrário. Avesso contra avesso.

O direito fica olhando para mim, para cima. Vou fazer essa costura normal de margem de costura. Vou aparar pela metade a margem de costura. Ou aparo pela metade ou faço a costura com 0,5 cm.

Quanto mais fina por costura francesa, melhor! Ela é muito boa pra tecidos finos transparentes.

Vou virar do avesso, nesse lugar da costura vou dobrar os dois lados, colocando direito contra direito.

Puxo o tecido pela margem.

Vou costurar novamente com 0,5cm, embutindo a primeira margem de costura.

Essa parte será toda embutida, dentro da costura. Quanto mais fina a costura, melhor.

Pelo lado direito não vai aparecer margem de costura.

É sempre bom alinhavar, vou costurar e volto pra mostrar pra vocês.

Assim que ficou o avesso com essa costura.

Esse é o direito.

É isso! Essas foram algumas opções de fazer acabamento na margem de costura usando a máquina doméstica.

Espero você no próximo tutorial. Qualquer dúvida ou comentário deixe aqui ou no blog.

Um beijo! Tchau!