Vestido sob medida à distância

Avalie nossa página

Vestido sob medida à distância

Olá!

Esse desafio foi um vídeo que começou a ser feito há alguns meses, mais precisamente em agosto deste ano. Minha prima Ludmilla me pediu para eu fazer o vestido dela do dia do pré-casamento dela, que foi na praia no final do mês de outubro. Seria o vestido que ela iria usar no dia anterior no luau.

Só tem um porém. Minha prima mora em Brasília e para quem não sabe, eu moro em Belo Horizonte. Quando conversamos, mais ou menos em junho e defini que eu daria o vestido de presente de casamento para ela, já seria um desafio, pois nunca fiz um vestido sob medida à distância. Um pouco depois, ela me mandou uma mensagem dizendo que estava grávida. Assim, tínhamos que pensar nas “futuras medidas” que mudariam com o passar dos meses e um modelo adequado para a praia e para a gravidez.

Eu fiquei muito preocupada e comecei a pesquisar modelos de vestidos para grávidas. Assim, pensei na solução de fazer o fechamento do corpinho tipo corselet, com as alcinhas para trançar nas costas e para amarrar, o corte logo abaixo do busto e a saia solta.

Durante esse tempo, trocamos várias mensagens com modelos de vestidos e definimos.

Venha ver todo o processo nesse vídeo:

Nós fizemos uma chamada em vídeo para tirar as medidas e eu usei um dos manequins que eu tenho mais próximo às medidas dela e fiz alguns ajustes nele para chegar ainda mais perto das medidas, colocando um bojo no busto dele, por exemplo.

Para tentar minimizar os erros, quis fazer a peça piloto o mais próximo do vestido original. Comprei tecidos mais baratos, mas crepes, cetins e o tule para que ela pudesse visualizar o vestido e fazer os ajustes. Eu iria mandá-la por correio e fazer a prova por videochamada.

Fazer essa peça com toda a estrutura, entretela, barbatana, cavalinha foi muito importante para que eu visse o que deu certo ou não e já ter todo o processo na minha cabeça na hora de fazer o original. Eu demorei mais tempo fazendo a tela do que o original. Por exemplo: na tela, na frente, coloquei uma entretela de algodão grossa, pois ela queria bem estruturado. Quando eu passei e finalizei, vi que podia dar algumas bolhas, que estava muito grosso. Então, tirei, cortei outra frente, coloquei entretela de algodão leve, cavalinha e barbatana na frente e deixei essa entretela mais grossa só para as costas. Isso facilitou muito, pois não tive esse erro ou teste no tecido original.

Venha ver esse vídeo de como estruturar um vestido de festa.

O vestido chegou lá e fizemos a prova por videochamada. Ficou muito bom, mas o tule ficou largo no ombro, estava caindo e eu precisava fechar um pouco mais a roda do bojo para ficar mais seguro.

Fui na loja de tecidos, mandei as fotos e definimos pelo fundo vermelho/coral e um tule bordado por cima. Como não era o tradicional vestido de noiva, não era para o dia do casamento, podíamos ousar um pouco mais nas cores.

Eu tenho um pouco de medo de zíper invisível em vestidos sob medida. Já vi alguns arrebentarem bem na hora da festa. Ainda mais em vestido que tem algumas camadas. No meu vestido de casamento coloquei zíper comum e finalizei com uma aba para escondê-lo e nesse fiz a mesma coisa.

Eu deixei o tule e o forro soltos nas laterais para ficar bem fluido e um não repuxar o outro, mas o zíper comum com a aba precisava de um bom acabamento, então prendi os dois tecidos juntos na costura do meio costas.

Como o tule tinha um barrado, eu não fiz barra nele, mas na saia interna fiz a bainha de lenço.

Quando eu comecei a vê-lo pronto, comecei a ficar apaixonada, ficou ainda mais bonito do que eu imaginava.

Eu tive um pequeno problema na textura do tecido. Apesar da tela ter ajudado muito, algumas coisas assim, na mudança do tecido podem ocorrer. Ao fazer o drapeado, o tule original do barrado era mais grosso e com a trama mais aberta, mais áspera. O drapeado não estava ficando legal. Nesse momento, fiquei um pouco estressada, mas defini não brigar com a modelagem ou fazer mesmo assim. Resolvi parar, ir na loja de tecidos e comprar um tule branco mais fino. Decidi também fazer o drapeado no manequim do zero.

Comecei a cortar a manga que era um godê preso apenas no ombro, tipo um xale, bem fluido e cortei usando o barrado. Quando coloquei no vestido, achei exagerado. Mandei as fotos para minha prima e definimos usar o bordado apenas na barra da manga também.

Comecei as finalizações de forrar os botões, fazer os rolotês, colocar o forro interno que eu fiz mais curto, a faixa, e arrematei várias coisas à mão.

Eu nem acreditei quando finalizei… o original foi tão rápido que falei com meu marido “alguma coisa deve estar errada, porque fiz rápido e acho que terminei tudo” hahaha.

Veja mais detalhes nesse post do meu instagram. 

O vestido ficou lindo! Minha prima me enviou um vídeo no whats app quase chorando de emoção e ele ficou perfeito. Eu já estava preparada para ela me enviar falando que tinha algum ajuste, mas não teve nenhum. Ficou ótimo e eu fiquei muito feliz.

Grande abraço,

Lara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *