Materiais básicos para começar a costurar as próprias roupas

Nesse post mostro os materiais básicos para começar a costurar. Se você deseja fazer suas próprias roupas, aqui estão alguns itens que te ajudarão a otimizar o processo. 

Para começar a costurar, existem alguns materiais indispensáveis, que irão te ajudar a otimizar o processo da costura.

Se você quiser começar a costurar e deseja ver quais materiais são os mais importantes, eu separei algumas dicas sobre eles e fiz as ilustrações.

Todos esses materiais e muito mais estão no “O Guia Ilustrado da Costura”, um livro digital, todo escrito e ilustrado por mim. Você pode baixá-lo gratuitamente, clicando AQUI!

Tesoura de tecido 

A tesoura de tecido é um material essencial. O corte preciso facilita o processo da costura. Analise sua anatomia e sempre corte o tecido com ela apoiada sobre a mesa. Veja a abertura correspondente ao polegar e segure-a corretamente.

Tesoura de picote

O corte com a tesoura de picotar é uma forma de fazer o acabamento de margens de costura. O picote não evita o desfiado, por isso deve ser feito em tecidos que desfiam pouco. É uma opção ao overloque e ao zigue-zague principalmente quando a roupa é fina e forrada.

Tesoura de arremate

Com esta tesoura, é possível cortar linhas na máquina de costura enquanto a peça é confeccionada e fazer a ‘limpeza’ da roupa após a finalização. Essa ‘limpeza’ consiste em cortar todas as linhas remanescentes na peça.

Desmanchador/ abridor de casa

O desmanchador é um item prático e muito útil. Pode-se ter alguns e espalhá-los pelo seu local de costura, pois sempre é necessário cortar um ponto e outro ou, até mesmo, desfazer uma costura inteira. Com sua ponta fina, é possível desmanchar os pontos com cuidado para não puxar nenhum fio do tecido. Chamado também de ‘abridor de casa de botão’, a sua ponta corta e fura o tecido dentro da casa fazendo uma abertura para o abotoamento.

Tesourinha

A tesourinha é uma aliada da tesoura de arremate, do desmanchador e da tesoura de tecido. Com ela é possível dar piques mais precisos na roupa, cortar linhas e desmanchar costuras. Ela é sinônimo de cuidado e preciosismo com o trabalho, principalmente manual. Na hora de abrir a casa de botão, também é muito útil para dar o corte inicial.

Fita métrica

A fita métrica é o auxílio da costureira em todo o processo de confecção. Desde a hora de tirar as medidas, fazer o molde, conferir as costuras, até ajustar roupas e confeccionar itens decorativos. Opte por tirar as medidas e fazer o molde correspondente com a mesma fita, pois podem haver mudanças milimétricas de uma para outra. Maleável e longa – geralmente de 150cm- a fita é uma companheira para todas as horas.

Linhas variadas

É indispensável ter várias linhas de cores diferentes para, além de fazer os projetos de costura, alinhavar e costurar à mão.

Utilize para o alinhavo uma linha diferente da cor do tecido para que a linha possa ser bem visualizada quando for costurar e desmanchar.

Agulha de mão

Para fazer o alinhavo e costuras manuais, a agulha de mão é fundamental. Existem diferentes tamanhos e espessuras. Pratique com alguns tipos para escolher com qual você se adapta melhor.

Alfinetes

Há diferentes tipos de alfinetes. O que tem a cabeça com uma ‘bolinha’ colorida – cabeça de vidro – é adequado para a prova de roupa e para alfinetar alguma peça no manequim, já que não machuca as mãos.

O alfinete fino e longo é o mais preciso na hora de alfinetar o tecido para costurar. Ele é mais utilizado em tecidos finos por machucá-los menos, evitando marcas de furos, além de ter um risco menor de puxar algum fio. É prática testar o alfinete com um retalho do tecido que será utilizado. Há também o alfinete de segurança, ou de fralda, que pode ser útil em algumas situações de provas de roupa.

 

Almofadinha/ agulheiro

Não pode faltar, no atelier, um item prático de fácil alcance para colocar e retirar as agulhas e alfinetes, como uma almofadinha e/ou agulheiro.

Giz de tecido

Um dos materiais básicos para começar a costurar é o giz de tecido é utilizado para marcar o molde. Existem várias cores de giz. A marcação no tecido precisa ser visível, mas não muito contrastante para não incorrer no risco de manchar ou sujar a peça.

Caneta com tinta removível para tecido

A caneta para tecido também é um instrumento usado para marcação. É necessário escolher uma caneta que saia com o uso do ferro de passar ou com a lavagem da peça. É muito prática por conter a ponta fina.

Agora, você conhece os materiais fundamentais que me ajudam muito no atelier. A costura fica mais prática e certinha.

Qualquer dúvida, deixe nos comentários desse post que eu te responderei! Não deixe de compartilhar e marcar seu amigo ou amiga que gosta de costura e customização e gostaria de começar nessa arte!

Um abraço,

Lara

*Todas as ilustrações foram feitas por Lara Rogedo. 
CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM  AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)